Mario Cavalcanti
por — 11/10/2006 em Notícias

Amy Gahran recomenda uso de Flash Video

Segundo a especialista, na 'Era YouTube' não faz mais sentido exigir que leitores baixem programas específicos para visualizar vídeos

Em post no weblog coletivo E-Media Tidbits, do Poynter Institute, Amy Gahran, editora do blog e especialista no meio online, tem incentivado o uso do Flash Video, formato para distribuição/exibição de vídeo na Web que pode ser embutido em animações Flash.

Segundo Gahran – que também os blogs Contentious.com e RightConversation.com, ambos relacionados à comunicação no meio online -, alguns sites e matérias online especiais que fazem bastante uso de vídeos, como o CNN Video, a CBS News e as séries da PBS, exigem dos leitores baixar programas específicos para visualização de vídeos, como a versão mais atual do Windows Media Player ou do Quicktime, o que, para ela, não faz muito sentido na "Era YouTube".

– Hoje em dia, em não acho que faça sentido oferecer vídeos online se a experiência de assistí-los, compartilhá-los e fazer links para eles for mais complicada do que a do YouTube – acredita a especialista.

Amy aponta também outras vantagens de se veicular vídeos embutidos no formato Flash.

– Se você quer colocar um vídeo online, por favor, o faça da forma mais simples possível para a sua audiência. Use o Flash, que executa bem vídeos em qualquer plataforma ou browser. O plugin não apresenta bugs e outras pessoas ainda podem fazer links direto para ele – completa Gahran.

O post de Amy Gahran no weblog E-Media Tidbits pode ser lido na íntegra aqui (em inglês). Leia mais sobre o formato Flash Video na Wikipedia (também em inglês). JW.

Mario CavalcantiAmy Gahran recomenda uso de Flash Video