Mario Cavalcanti
por — 13/09/2006 em Notícias

Patricia Dunn é afastada da HP

Até então presidente da companhia, executiva teria sido uma das responsáveis pela contratação de detetives para espionar jornalistas

Deixou o cargo de presidente da Hewlett Packard (HP) na terça-feira, 12, Patricia Dunn, que teria sido uma das responsáveis pela contratação de detetives particulares a fim de descobrir quem vazou informações para a imprensa (veja aqui nota no JW). As investigações teriam utilizado métodos considerados fraudulentos para tentar descobrir quais fontes teriam sido utilizadas por repórteres da Cnet, do The New York Times e do The Wall Street Journal, que teriam trocado informações sobre a HP.

A função exercida por Dunn estaria sendo acumulada pelo CEO da companhia, Mark Hurd.

A informação é do Estadão e pode ser lida na íntegra aqui.

Mario CavalcantiPatricia Dunn é afastada da HP