Mario Cavalcanti
por — 04/09/2006 em Notícias

Clone chinês do Digg revolta usuários

Criador do Cndigg.com diz que só queria poder dar ao povo chinês a chance de conhecerem o que é o fenômeno Digg

Desde o último fim de semana, diversos usuários do portal colaborativo Digg têm ficado perturbados com a descoberta de um clone chinês não-autorizado do serviço. O Cndigg.com chegou a revoltar alguns usuários mais assíduos do site original a ponto destes começarem a sabotar o portal chinês.

O criador da versão não-autorizada fez nesta segunda-feira um pronunciamento com pedidos de desculpa, que foi traduzido por um usuário chinês do Digg. Um trecho do depoimento dizia: "Vocês gostam do digg.com. Eu também. Mas até hoje o digg.com está disponível somente em inglês… Eu somente quis suprir as necessidades dos 'diggers' chineses, que procuram alguma coisa no mesmo idioma deles… Por causa do meu site, pessoas na china conheceram o que é o digg, pessoas puderam experimentar o digg".

O que teria perturbado os usuários do Digg original não seria o fato de o Cndigg.com utilizar o mesmo sistema que o primeiro, mas sim copiá-lo na íntegra, sem alterações de cor ou de layout. Nicmakaveli, o usuário chinês do Digg que fez a tradução do pronunciamento, aproveitou para alertar o criador do Cndigg.com sobre exemplos de portais da China que utilizam o mesmo sistema do Digg, mas com seus próprios diferenciais. Entre os indicados, estavam o diglog e o tagriver.

Acompanhe aqui as discussões no portal Digg sobre o Cndigg.com. Leia aqui o pronunciamento do criador do clone chinês traduzido para o inglês. JW. Com informações do Digg.

Mario CavalcantiClone chinês do Digg revolta usuários