Mario Cavalcanti
por — 06/07/2006 em Notícias

Cresce fluxo de spams em blogs

Segundo estudo da MessageLabs, comunicadores instantâneos e redes sociais também são alvos de mensagens indesejadas

De acordo com notícia no Globo Online, segundo um relatório mensal da empresa de programas de filtragem MessageLabs divulgado nesta quinta-feira, 6, as mensagens de email indesejadas, conhecidas como spam, responderam por 64,8% do tráfego mundial de mensagens eletrônicas em junho.

Boa parte dos textos tinha como alvo weblogs, programas de comunicação instantânea (como o MSN Messenger e o Google Talk) e redes de relacionamento social, como o Orkut e o MySpace.

O relatório apontou ainda que Israel foi o país que mais sofreu em junho com as mensagens indesejadas, com 75,9% de spams entre os textos que circularam na Internet. Hong Kong aparece em segundo lugar, com 70,1% e a Irlanda em terceiro, com 59,4%. Empatados com 58,6% no quarto lugar aparecem os Estados Unidos e o Reino Unido. O Brasil, segundo a notícia, não figura em nenhuma lista do relatório.

A notícia no Globo Online pode ser lida na íntegra aqui.

Mario CavalcantiCresce fluxo de spams em blogs