Mario Cavalcanti
por — 08/10/2001 em Notícias

GloboNews divulga coberturas em banners

Mario Cavalcanti fala sobre a estratégia da GloboNews.com de divulgar suas coberturas digitais na Internet

Por Mario Lima Cavalcanti (*)

De fato o jornalismo online ainda precisa aprimorar-se. Mas uma coisa todos têm que admitir: o investimento no setor é algo que vem crescendo e muito. E algumas empresas, como a Globo.com, estão apostanto pesado no setor.

Recentemente, as coberturas online do GloboNews.com, site que reúne toda a produção dos veículos das Organizações Globo, vêm sendo divulgadas a partir de banners em diversos sites.

– A idéia surgiu na equipe logo depois dos atentados nos Estados Unidos. Era uma forma de atrair o leitor da internet para a cobertura especial que estava sendo feita pelo GloboNews.com – diz Merval Pereira, diretor-executivo do jornal O Globo.

O Globo.com já costumava divulgar, via banners nas páginas do seu "grande globo virtual", novelas e minisséries. E fora do portal os banners costumam ser divulgados em vários tipos de sites. E é aí que mora o oportunismo: divulgar fora do portal, em outros sites, as coberturas online.

– A idéia é divulgar em banners espalhados por sites todas as nossas coberturas especiais. Eles estão sendo veiculados em sites com focos específicos, como de notícias de esportes – completa Merval.

O mesmo oportunismo pôde ser visto também há alguns meses no site da CNN.com: nas últimas eleições presidenciais dos Estados Unidos, banners divulgavam a cobertura online que o veículo estava fazendo. Quem não se lembra do chamativo título "Florida Recount" criado pela CNN? 😉

Criado a princípio para ser uma peça publicitária, o banner também cai bem como uma ferramenta para o campo de jornalismo online, como acredita a jornalista e webwriter Ana Redig.

– O uso do banner é um recurso de edição extremamente válido, quando o caso tem importância e peso para isso. É o caso dos atentados nos Estados Unidos e das suas consequências. Este pode, inclusive, ser um recurso para vender material jornalístico para sites que não têm capacidade para produzir essas informações – diz Ana.

O que o megaportal Globo.com está fazendo é o que o jornalista Heródoto Barbeiro, da rádio CBN, defende: utilizar a favor do jornalismo online todos os recursos multimídia que a internet oferece. E essa é também a mentalidade de Merval, que confirma o investimento pesado das Organizações Globo no jornalismo online.

– A criação do GloboNews.com é uma grande aposta no jornalismo na internet – conclui.

Se depender de iniciativas como as do GloboNews.com, uma empresa com cerca de 60 profissionais na redação do Rio (além de jornalistas em Brasília e em São Paulo), o jornalismo online está indo no caminho certo. Até a próxima!

*Mario Lima Cavalcanti é editor de conteúdo do JW.

Mario CavalcantiGloboNews divulga coberturas em banners