Mario Cavalcanti
por — 09/07/2001 em Artigos

Featurewell.com aposta na qualidade

Novo serviço americano comercializa artigos para veículos e preza por textos bem escritos

Por (@mariocavalcanti)

O serviço online Featurewell.com pretende levar qualidade editorial, em forma de artigos bem escritor, a quem interessar. Mas isso tem um preço…

Com sede em Nova York, o Featurewell.com, criado no ano passado pelo jornalista David Wallis, é voltado para editores em busca de artigos bem escritos. Funciona como uma espécie de loja virtual de matérias de qualidade. Nele, são comercializados artigos sobre vários temas (desde arte até tecnologia), escritos por renomados jornalistas estrangeiros.

Como a coisa funciona:

No serviço não é cobrada nenhuma taxa de inscrição. Os editores podem gratuitamente varrer o site em busca de artigos, pagando somente pelo direito de utilização destes. Se o editor encontrar um artigo de seu interesse, ele pode fazer uma oferta eletrônica para o uso da matéria; O Featurewell.com pode aceitar a oferta ou fazer uma contra-proposta. O diferencial está no fato do editor poder negociar o preço dos artigos. Basicamente é assim que funciona.

Os preços variam de acordo com o tamanho das matérias e/ou de acordo com a audiência/circulação da publicação em que o artigo aparecerá. Segundo o próprio site, as vendas já realizadas variaram entre US$ 50 e US$ 1500. Os autores recebem 60% do valor das vendas.

O cliente pode editar os artigos e as fotos que comprou? À princípio, os clientes poderão fazer pequenas modificações no texto e nas fotos. Somente não é permitido mudar o significado, o contexto geral dos artigos, ou violar/excluir a área de direitos autorais do texto. Nada diferente do que conhecemos…

– Agências de notícias, como a Associated Press e a SalonWire, cobram uma taxa de inscrição, permitindo aos clientes publicarem o que for de seu interesse. O Featurewell.com não cobra nenhuma taxa de inscrição. Nós só cobramos por artigos que os editores podem escolher “a la carte”. Além disso, agências de notícias geralmente remuneram os autores com um pequeno bonus, enquanto nós oferecemos à eles 60% das vendas realizadas por nós – disse David Wallis, fundador e CEO do Featurewell.com, ao Jornalistas da Web.

Jornalistas free-lancers podem se beneficiar de serviços como esse, que, sem dúvida, é uma boa forma de divulgar trabalhos, ganhar por eles, e vê-los publicados em publicações de qualidade.

Mais informações sobre o criador:

O jornalista norte-americano David Wallis especializou-se em entrevistar personalidades das áreas de política e negócios.

Colunista do The Washington Post e colaborador da revista Wired, Wallis tem seus trabalhos publicados em diversas publicações em cerca de 21 países.

Em tempo:

David Wallis comenta no site Online Journalism Review a batalha dos jornalistas norte-americanos free-lancers (contra gigantescos grupos de mídia como o New York Times e a AOLTimeWarner) por seus direitos autorais, que chegou ao fim há algumas semanas. Para quem não soube, os free-lancers ganharam.

Sobre o autor |

Jornalista, developer, carioca e nerd de carteirinha. Editor do site Jornalistas da Web e adepto da retrocomputação.

Siga Mario Cavalcanti no Twitter Siga Mario Cavalcanti no Facebook Siga Mario Cavalcanti no Google+
Mario CavalcantiFeaturewell.com aposta na qualidade